Maaaaanhêêê!

Mãe nem sempre é mãe: apesar do mito, tem muitas por aí que passam longe de merecer afagos e presentes em qualquer data. Mas quando mãe é mãe de verdade, não tem pra ninguém: é a melhor coisa da vida. Em homenagem às mães mais incríveis do mundo, o Papo de Gato indica o fofíssimo “ensaio” que o site TheFW preparou. A íntegra você encontra aqui, mas (só para criar aquele “aaawwwwn” coletivo) eis a foto da mamãe guepardo dando um trato no guepardinho:

Lambendo a cria

Lambendo a cria (crédito: TheFW)

Corre lá e acessa, porque está uma loucura.

Anúncios

Brincadeira arriscada

Todo mundo já deveria saber disso, mas só pra reforçar: animais selvagens não são brincadeira.

Parece óbvio, mas nem sempre isso é levado a sério – e por isso ainda vemos tantos turistas posando pimpões em parques ao redor do mundo ao lado de criaturas cujo instinto é incontrolável. São muitos os zoológicos (ou equivalentes) que oferecem a chance de tirar uma foto em meio a animais com cara de dopados – mas que, como a maioria dos visitantes pode atestar, não estão.

Em geral, o resultado é apenas uma imagem curiosa para mostrar aos amigos. O problema é quando o imponderável dá um ‘alô’ – o que aconteceu no fim do último mês de abril. Uma inglesa ganhou do marido um presentão de aniversário: uma viagem à África do Sul. Por lá, passearam bastante e fizeram a foto padrão com dois belos leopardos.

Antes do ataque (Crédito: Arquivo Pessoal)

Aqui ao lado, Violet D’Mello aparece feliz imediatamente antes de ser atacada pelos animais. Calma, ela sobreviveu – mas os registros feitos pelo marido na câmera pessoal do casal mostram, em detalhes, as mordidas e arranhões dos leopardos na turista. O responsável pelo parque disse que os animais foram criados desde filhotes no local por humanos e que estavam apenas brincando. Não duvido: se eles realmente estivessem dispostos a fazer a senhorinha de lanche, não teria sobrado muito dela para contar história. Isso, porém, não justifica o risco a que os visitantes se sujeitam, acreditando que se tratam mesmo de bichinhos domesticados.

Para quem quiser ver o registro do ataque, é só acessar a matéria original publicada pela versão online do jornal Daily Mail. As imagens não chegam a embrulhar o estômago, mas são intensas. Para quem não fala inglês e quer mais informações sobre o que aconteceu, o site da revista Marie Claire publicou uma notinha aqui.